MOVIMENTO PELA ALTERIDADE NA SEARA ESPÍRITA
Carlos Pereira

Se você vem sonhando com um novo tempo, uma nova mentalidade em nossa seara, engrandecida pelos valores da alteridade e do amor nas atitudes; se anseios de mudanças, visando mais união e fraternidade nos ambientes espíritas, vem visitando seu coração... Então, levante esta bandeira; traga sua esperança, seus anseios e seu esforço e engaje-se neste Movimento.

  Alguns valores da alteridade:

1 - Disposição para aceitar e aprender com os que são e pensam diferente.

2 - Construir a fraternidade apesar das divergências, respeitando-as e procurando aprender com as diferentes opiniões.

3 - Com relação aos meios espíritas, admitir e conviver pacífica, respeitosa e fraternalmente com a diversidade de opiniões e enfoques, lembrando Bezerra: “A diversidade é uma realidade irremovível da seara”.

Este “Movimento” foi idealizado pela ABRADE -Associação Brasileira de Divulgadores do Espiritismo, mas não tem donos, é plural e aberto, contando com todas as pessoas que valorizam o diálogo, a alteridade, e acreditam que o respeito na diversidade é uma das bases da verdadeira união. www.abrade.com.br.

Como participar?

1 - Refletindo sobre as dimensões da alteridade e a importância de atitudes fraternas em nossa seara.

2 - Começando a imprimi-las na própria vivência.

3 - Passando a transmitir estas idéias aos companheiros espíritas.

4 - Promovendo encontros, reuniões, seminários... enfocando o assunto.

5 - Associando-se a uma Associação de Divulgadores do Espiritismo-ADE, ou outra instituição identificada com este Movimento.

6 - As mocidades e grupos de arte espírita podem apresentar estas idéias em músicas, peças de teatro e outras expressões artísticas.

7 - Solicitando-nos cópias do folheto Alteridade na Seara Espírita, para distribuí-las a outros companheiros espíritas. Mais informações e pedidos: ADE-CE: tel. (85) 249-6812. E-mail: logos@secrel.com.br

A peça teatral Um Forró no Umbral, com forte mensagem enfocando as idéias deste Movimento, está a disposição dos interessados. Igualmente, está disponível o livro Crescimento Interior pelo valor simbólico de R$ 2,00 o exemplar + frete. Informações e pedidos: ADE-CE (endereço acima).

O folheto acima citado também faz referência a um relato do espírito Cícero Pereira, conforme consta do livro Seara Bendita. Diz aquele espírito que ao término do Congresso Espírita Brasileiro de 1999 houve um encontro no mundo espiritual, com a participação de aproximadamente 5.000 espíritos desencarnados e encarnados, no qual Bezerra de Menezes lançou diretrizes de mudanças para um novo período do Espiritismo, a se iniciar com o novo século. Essas novas diretrizes, conforme essa mensagem, assentam-se sobre as bases da alteridade e das atitudes de amor.

Alguns livros que ajudam a melhor radiografar a atualidade e as necessidades dos espíritas e do movimento espírita desta época, indicando soluções: Seara Bendita, por espíritos diversos (já citado), Mereça ser Feliz e Laços de Afeto, pelo espírito Ermance Dufaux, psicografados por Wanderley S. de Oliveira, que podem ser adquiridos pelo telefone 0 xx 31 9954-5603 ou pelo e-mail inede@inede.com.br.

Mesmo sabendo que os resultados deste Movimento só serão visíveis a médio e longo prazo; que serão necessários muito empenho, determinação e paciência... Sobretudo, humildade e amor, importa persistir sempre na difusão e prática destas idéias, com a esperança sempre presente, em prenúncios de uma nova era para o Espiritismo.

Para reflexão (Trecho pinçado de uma matéria de Orson Peter Carrara, do jornal O Clarim,)

Um velho descuido da convivência humana é buscar corrigir as pessoas para que se encaixem em nossos modelos de expectativas e transformar as diferenças do outro em defeitos. É um traço de nossa imperfeição e que deixa claro que estamos muito mais ocupados em cultivar severidade para com a melhora dos outros e desatentos da mais importante e única tarefa na qual verdadeiramente temos irrestrita capacidade de realizar: a nossa melhora pessoal. A necessidade de diminuir o valor dos esforços alheios é um vício de proporções extraordinárias, porque dando exagerada importância às comparações, o orgulhoso passar a ser "fiscal" dos atos alheios, procurando motivos para realçar-se. Mas manter aparências é doloroso. O melhor é conscientizar-se da necessidade da melhora individual e buscar isso como meta pessoal, continuamente”.

 

Fechar

Endereço: Rua Marechal Deodoro, 460, Encruzilhada, Recife/PE - CEP 52030-170